Viagem para Cancún é diversão garantida – parte I

cancun
Parque Garrafon, em Isla Mujeres

Cancún é aquele tipo de lugar que tem diversão garantida. Com praias, piscinas, parques e muitas boates, é uma boa opção de viagem para todos os gostos e idades. Eu fui em março, em pleno Spring Break, o período de férias dos americanos. Então, a cidade estava lotada, animadíssima. Para quem gosta muito de ir à night, essa, sem dúvida, é a melhor época. Neste post, começo a listar as principais atrações turísticas.
Antes, porém, algumas considerações importantes. Para ir ao México, é necessário tirar um visto. É bem barato e dura um tempão. Quando fiz o meu, a validade era de dez anos. Quem já tem visto americano também entra no país sem a necessidade de tirar uma nova permissão. Fique de olho no itinerário previsto na passagem aérea. Muitos voos fazem escala nos Estados Unidos e você precisa ter o visto de lá. Se tiver só o mexicano, será barrado, mesmo que só esteja de passagem. Ah, e se a parada for no Panamá, melhor se informar sobre a necessidade da vacina contra febre amarela.
Sobre o dinheiro, eu levei bastante dólar, mas também peso mexicano. Praticamente todos os serviços podem ser pagos com a moeda americana, mas, dependendo da cotação, é mais vantajoso usar peso. Além disso, você pode acabar esbarrando em algum canto que não aceita dólar.
Em Cancún, dá para usar ônibus tranquilamente e também se locomover a pé, pois não há qualquer perigo. Fiquei na Zona Hotelera, no Boulevard Kukulcán. Há vários pontos de ônibus nessa via. À noite, para ir às boates, os hotéis costumam disponibilizar um serviço de van. Como o valor é dividido entre várias pessoas, acaba sendo mais confortável optar por esse meio, em vez de ficar esperando um transporte coletivo. Tem táxi também, claro, mas quase não utilizei.
Agora, os passeios:
Isla Mujeres – A boa é fechar a ida ao Parque Natural Garrafón no próprio hotel. Eu me hospedei no Imperial Las Perlas, que é ótimo (Clique no link e reserve pelo Booking. Você não paga nada a mais por isso, mas o blog recebe uma pequena comissão). Se não me engano, a agência que atua no hall é a Sunny Tours & Travel. O tour inclui transporte marítimo até o local, entrada no parque, almoço, lanche, bebidas, equipamento de snorkel e colete salva-vidas. Para pegar o barco, é preciso ir por conta própria até a marina, localizada no Boulevard Kukulcán. Lá, se paga um imposto de oito dólares por pessoa.
A viagem até a ilha é linda. Se você é fissurado naquele mar mega azul, prepare-se. Dá para tirar várias fotos maravilhosas. Chegando ao parque, as opções são muitas. Você pode fazer aqueles clássicos registros com os golfinhos e brincar com eles, mas isso é pago à parte. Como achei muito caro, pulei essa parte. Resolvi me aventurar na tirolesa, também paga por fora. Recomendo muito! Você fica suspenso em cima daquela água incrível. É uma experiência bem rápida, mas vale a pena.
Quem não quiser pagar qualquer centavo a mais pode ficar na piscina infinita (foto acima), que é maravilhosa, ou praticar snorkel. Para os preguiçosos que querem só relaxar, o local tem várias espreguiçadeiras e cadeiras. Não se preocupe com os pertences: eles têm guarda-volumes.
VEJA OPÇÕES DE HOSPEDAGEM EM CANCÚN
cancun3cancun4

cancun24
Tirolesa no Garrafon

cancun28
Tulum: É um ponto turístico que mistura praia com ruínas. Simplesmente imperdível. É bom escolher um guia bem informado para que ele possa explicar direitinho a história. Fiz o tour com um cara que enrolava bastante e saí de lá sem muitos conhecimentos sobre o sítio arqueológico. Não se esqueça de levar roupa de banho para curtir o mar.
Aqueles que forem se hospedar também em Playa del Carmen, como no meu caso, devem fazer esse passeio só quando estiverem lá. É que a distância para Cancún é bem maior, o que torna o processo mais cansativo. Passei nove noites em Cancún e outras cinco em Playa. Foi um certo exagero, dá para ficar só dez dias lá tranquilamente, embora as cidades deixem um gostinho de quero mais.
Nos próximos posts, falarei das boates e dos parques. Fique atento! 😉
Obs.: Viagem feita em março de 2011
cancun8cancun10

0 Responses

Deixe uma resposta