Viagem para Cancún é diversão garantida – parte II

cancun12
Cenote Ik Kil

Já falei aqui de Tulum e Isla Mujeres, em Cancún, no México. Hoje vou contar um pouco da experiência nos parques Xcaret e Xplor e na cidade maia Chichén Itzá, uma das sete novas maravilhas do mundo.
Para ir ao Xcaret e ao Xplor, recomendo sair da cidade Playa Del Carmen, que fica muito mais próxima dos parques que Cancún. Porém, se você escolher se hospedar apenas em Cancún, não vai ser um grande problema. Apenas vá preparado para acordar bem cedo e fazer um trajeto mais longo.
Dá para fechar os pacotes nos hotéis. Vale lembrar que há dois tipos deles para Xcaret. Um mais básico e outro que dá direito ao buffet, que é bastante farto. Optei pelo segundo, pois são muitas horas de passeio e é difícil ficar sem almoçar. O consumo é ilimitado enquanto você estiver dentro do restaurante. Depois, é preciso comprar tudo por fora. Portanto, vá com algum dinheiro e verifique com antecedência se é permitida a entrada no parque com bebidas e lanches, para economizar.
No Xcaret, há uma infinidade de atrações, é até cansativo. Quando você chega lá, recebe um mapa gigante, apontando tudo o que está disponível. Tem museu de arte mexicana, show de cavalos, aquário, passeio pelo rio, aviário, sítios arqueológicos etc. Dá para relaxar em redes e espreguiçadeiras e tomar um bom banho de mar. É ideal para quem tem filhos pequenos. Tudo isso que citei está incluído, mas eles também cobram por certas atividades, como mergulhos. Não acho que seja uma boa gastar mais grana com isso.
cancun19cancuncancun3
À noite, não dá para perder o “Xcaret México Espectacular”, um musical que narra a história do país. Achei bem interessante. Quem quiser pode pagar por um jantar e assistir ao espetáculo bem de perto, em mesas. Eu preferi ficar na arquibancada mesmo. Ah, preste atenção ao horário da saída de seu transporte. Eu me levantei um pouco antes do final da apresentação para não correr o risco de ficar no tumulto e não conseguir localizar a van. Neste momento, todos se aglomeram na porta e rola uma confusão básica.
cancun2
Agora, o Xplor. Eu simplesmente ameeei esse parque. O tour inclui transporte e comida e bebidas à vontade. Guarda-volumes e equipamentos de segurança também são gratuitos. A melhor atração, sem dúvida, é a tirolesa. O processo é bastante cansativo. Você faz o percurso no ar, cai num prédio, sobe uma escadaria, faz o percurso novamente e assim por diante, umas cinco ou seis vezes. Ao final, para na água. Para quem curte aventura é perfeito.
Além disso, rola passear no que eles chamam de veículos anfíbios.Passei por pontes no meio da floresta e também por grutas e cavernas. Apenas pessoas maiores de 18 anos podem conduzir o carrinho e é necessário comprovar a idade. Também adorei.
Outra opção são as balsas. Duas pessoas podem se sentar e remar pelos rios subterrâneos. Eu e uma amiga tivemos bastante dificuldade para conduzir o equipamento, mas nos divertimos demais. O lugar é lindíssimo. Existe, ainda, o nado por um rio também subterrâneo, cheio de escalactites. Maravilhoso, gente!
Infelizmente, eu perdi boa parte das fotos. Só consegui salvar esta aí embaixo, na entrada do parque. Este coração gigante reproduz o barulho dos batimentos e é usado como referência para se localizar lá. A todo momento, câmeras escondidas registram as atividades. Ao final, quem quiser pode comprar as fotos para levar de recordação, mas é meio carinho.
xplor
Por fim, Chichén Itzá. O grande barato do lugar são as ruínas, lindíssimas. O guia vai explicando a história de cada parte e contando os costumes do povo maia. Fui em março, no equinócio de primavera. Estava muito cheio e não entendi o motivo. Até que explicaram que nos dias 20 ou 21 do mês, dependendo do ano, o corpo da serpente sagrada se forma na escadaria da pirâmide Kukulcán, por causa da luz do sol, como mostra a imagem logo abaixo. É muito louco! Vale conferir.
Lá também se localiza o famoso cenote Ik Kil, um antigo santuário maia dedicado à purificação, na foto que abre este post. Durante o tour, são reservados 40 minutos para o banho. Então, não esqueça a roupa.
Saindo de Cancún, leva um tempão para chegar. Tenha paciência. Neste caso, não faz muita diferença partir de Cancún ou Playa Del Carmen. E os tours costumam oferecer um almoço simples.
*Viagem realizada em março de 2011

LEIA TAMBÉM:

As boates de Cancún e Playa del Carmen

Viagem para Ibiza pode sair barata
O que fazer em Punta Cana?
Veja as principais atrações de San Andrés

cancun17
Fenômeno do equinócio na pirâmidecancun16cancun15cancun14cancun13

 

0 Responses

Deixe uma resposta