Praia do Gunga, em Alagoas: dicas para conhecer

Praia do Gunga
Mirante da Praia do Gunga

A Praia do Gunga é uma das mais famosas de Alagoas. Está localizada no litoral sul do estado, mais precisamente em Barra de São Miguel.

Eu escolhi um hotel no bairro de Jatiúca, bem perto da orla (prometo dar dicas de hospedagem na cidade num próximo post). Desse ponto, levei aproximadamente 50 minutos de carro, pela rodovia AL-101, até a Praia do Gunga. Tudo, claro, depende do trânsito. Quando fui, o tráfego estava bastante intenso, com algumas retenções. Isso mesmo fora do horário de rush e em baixa temporada. Então, melhor evitar os períodos de pico de qualquer forma.

Não encontrei opções de ônibus, embora vários sites afirmem que há linhas que partem para lá tanto de Jatiúca quanto de Ponta Verde e Pajuçara (todos bem próximos). Uma terceira alternativa é recorrer aos serviços de transporte de agências de turismo. Informe-se no próprio hotel. Sempre há contatos disponíveis na recepção.

Segui as placas indicando a Praia do Gunga até chegar a um local que fica num ponto mais alto, onde há um estacionamento com poucas vagas (não me cobraram, mas não sei foi por conta da baixa temporada), um restaurante e uma feirinha de artesanato. A praia está mais abaixo. Para chegar a ela, é preciso descer a pé (de dez a 15 minutos de caminhada) ou de carro (neste caso, o estacionamento na areia sai a R$ 15).

Os preços do restaurante são acessíveis, diga-se de passagem. Pratos com camarão, por exemplo, saem a cerca de R$ 50. Em frente a ele, fica o pessoal responsável pelo tour de quadriciclo. Uma hora de aluguel do veículo custa R$ 100 para duas pessoas. É caro, mas vale a pena, pois o passeio é uma delícia. E sempre tente dar aquela pechinchada.

Ao lado do restaurante, encontra-se o mirante da Praia do Gunga. Lá de cima, é possível avistar aqueles coqueiros tão comuns em fotos de viajantes. Paga-se R$ 3 para subir.

Praia do Gunga
Mirante da Praia do Gunga

Depois de conhecer o mirante, resolvi passear de quadriciclo. Um guia foi seguindo na frente para mostrar o caminho até as falésias da Praia do Gunga, lindíssimas. Paramos rapidamente para fotos e continuamos até chegarmos a um rio em frente ao mar, onde vendem um coco geladinho. Visual incrível.

Por fim, a recomendação principal: ir fora da alta temporada. Estive lá em novembro (2017) e a praia estava vazia, muito tranquila.

Praia do Gunga
Praia do Gunga (caminho para falésias)
Praia do Gunga
Falésias da Praia do Gunga

gunga4

Praia do Gunga
Rio em frente ao mar na Praia do Gunga
Praia do Gunga
Falésias da Praia do Gunga

LEIA MAIS:

Maragogi: quando e como ir?

Conheça as piscinas naturais do Patacho, em Alagoas

Praia da Joatinga, um paraíso no Rio

Como visitar a Ilha do Japonês, em Cabo Frio

O que você deve saber antes de ir a Ubatuba, em São Paulo

15 Responses

  1. Ruthia

    Fiquei aqui a babar com a paisagem desde o mirante da Praia do Gunga. Muito lindo! É tão bom encontrar as praias tranquilas, né? Nunca fiz um passeio de quadriciclo, parece divertido

  2. brunabarbosa277065278

    Ai que delícia! Me deu vontade de esticar minha canga ai e comer um peixinho frito agora mesmo!

  3. Lulu Freitas | Let's Fly Away

    Que lugar lindo. Tenho muita vontade de conhecer! O visual do mirante é deslumbrante e a praia parece ser uma delícia. Ótima dica e o post está super didático. Parabéns.

  4. angiesantanna

    bahhh q pena q eh t’ao caro aluguel de quadriciclo, mas eh tao divertido que nao tem como escapar ne…o jeito eh ir visitar com o bolso preparado!

    • De boa na trip

      No Nordeste, infelizmente, eles perdem a linha nos preços para os turistas… Mas o passeio vale a pena mesmo!

  5. NiKi Verdot

    Essa praia é linda demais! Minha preferida!!!! Eu também fiz o passeio de quadriciclo e também recomendo muito. Foi muito divertido! Já fico com saudades só de lembrar o dia maravilhoso que passamos por lá.

  6. Aninha Lima - Destinos e Afins

    Aiii q saudades imensas desse lugar. Foi aí a minha iniciação em quadriciclos e agora sempre tento fazer um passeio assim.
    Quando fui, foi em excursão. Custou 25 reais e achei justo!
    Amei relembrar esse lugar com vc

    • De boa na trip

      Em excursão deve ser mais barato. Paguei caro, mas valeu a pena 🙂

Deixe uma resposta