Dicas para visitar o Jardim Botânico de Curitiba

postado em: Paraná | 0
Jardim Botânico de Curitiba

Inaugurado em 1991, o Jardim Botânico de Curitiba é um ponto turístico muito procurado por aqueles que visitam a cidade. O acesso ao local é fácil e a entrada, grátis. A seguir, as dicas para aproveitar bem seu passeio por lá.

Como chegar:

Primeiro, a recomendação que faço em praticamente todos os meus posts: chegue cedo. Quanto mais tarde, mais cheios ficam os lugares. Caso esteja de carro, é importante se programar porque até há vagas gratuitas disponíveis, mas elas são limitadas. Chutaria que existem umas 20, mais ou menos. Então, para não ficar parado esperando até que surja um espaço, melhor chegar ao Jardim Botânico de Curitiba antes das 10h, sobretudo nos finais de semana ensolarados e nos feriados prolongados.

Se não houver o menor sinal de vaga no parque, rola parar na Rua Doutor José Meyer Filho, onde se localizam a igreja Nossa Senhora de Lourdes e a Praça Itália, a cerca de três minutinhos a pé. Foi o que eu fiz. Contudo, o assédio dos flanelinhas é grande.

Para quem vai de ônibus, as melhores linhas são 216, 464 (ponto na porta do jardim), 302 e 303 (ao lado dele). Existem outras (165, 461, 462, 463) que param um pouco mais longe, mas que não deixam de ser opções viáveis.

PRECISA DE CARRO? COMPARE PREÇOS E ALUGUE

Jardim Botânico de Curitiba
Jardim Botânico de Curitiba

Como é o Jardim Botânico de Curitiba:

Depois de entrar e seguir pelo lindíssimo e famoso corredor de flores, cheguei à estufa, símbolo do Jardim Botânico de Curitiba. Por fora, ela chama a atenção, mas seu interior é decepcionante. Está muito mal conservado e não oferece qualquer atrativo de encher os olhos. Merecia um melhor investimento.

Em seguida, a boa é conhecer o Jardim das Sensações, onde se pode caminhar por cerca de 200 metros com os olhos vendados, sentindo as plantas com as mãos e apreciando os aromas. É uma experiência diferente e interessante. Por fim, há o Museu Botânico, que recebe pesquisadores do mundo inteiro. Para ir ao seu herbário, é necessário agendar com antecedência pelo email herbariombm@smma.curitiba.pr.gov.br.

Jardim Botânico de Curitiba
Jardim Botânico de Curitiba

Separe, no mínimo, meia hora para fazer o tour sem pressa. O parque funciona todos os dias, das 8h às 19h30. Já o Jardim das Sensações está aberto de terça-feira a domingo, das 9h à 17h. Boa parte do local é plana, portanto, gente de todas as idades consegue visitar sem maiores problemas.

HOTÉIS EM CURITIBA

Lembrando que proíbem a entrada com skate, bicicleta, patins e afins. Também não é permitido levar animais. Mas o piquenique esperto no gramado está liberado. Eu não tive tempo de fazer, mas fica a sugestão. Que tal?

Outro local que merece a sua visita em Curitiba é a Ópera do Arame. Depois de explorar a cidade, vale fazer um passeio bate e volta para conhecer a cachoeira e o morro dos Perdidos. Quem estiver com mais tempo livre TEM QUE IR à Ilha do Mel. Eu fiquei encantada com a beleza das praias.

Jardim Botânico de Curitiba

LEIA MAIS:

Buraco do Padre, linda cachoeira em Ponta Grossa, no Paraná

Conheça a Cachoeira da Mariquinha, em Ponta Grossa

Parque Nacional do Guartelá tem mirantes e panelões de água incríveis

Deixe uma resposta