O que você não pode deixar de fazer em São Paulo

Já fui três vezes à capital paulista e tive experiências incríveis e completamente distintas. Isso porque a cidade tem uma lista extensa de atrações para todos os gostos e bolsos. Neste post, você vai descobrir o que fazer em São Paulo.

Para quem viaja sem tanta grana, recomendo ficar num dos hotéis da rede Ibis. Embora os quartos sejam bastante pequenos e simples, funcionam bem para hospedagem durante um fim de semana. O custo é menor até que os dos hostels, que têm a desvantagem do banheiro compartilhado. Acho que não vale a pena investir num local com mega estrutura se você vai passar o dia todo perambulando na rua, né? Porém, se for ficar mais tempo na cidade, talvez seja melhor buscar algo mais confortável.

CONFIRA OUTRAS OPÇÕES DE HOSPEDAGEM

O Ibis da Consolação está localizado a poucos metros da estação de metrô Consolação. Também já optei pela unidade do Jardins, bem próxima ao Parque Ibirapuera. Este, aliás, é um dos principais pontos turísticos de Sampa. Tire uma horinha para relaxar por lá. O Parque Villa-Lobos também é uma simpática escolha. E o melhor: tudo de graça. Quem não estiver hospedado perto dos parques deve verificar a disponibilidade de ônibus, pois as estações de metrô e trem ficam longe. Outra alternativa é o Uber. Usei bastante a modalidade Pool, em que a corrida é compartilhada com outros passageiros. Valeu muito a pena financeiramente.

Vale conhecer ainda a Avenida Paulista para sentir aquela agitação típica de São Paulo. Se gostar de museu, vá ao Museu de Arte de São Paulo (MASP). Os ingressos costumam custar a partir de R$ 15, mas tudo depende da exposição, claro.

O Museu do Futebol, no Pacaembu, é outro passeio imperdível, e não só para os amantes do esporte. Fica perto da Consolação.

Nem preciso falar que a ida ao Mercado Municipal é obrigatória, né? É um dos meus locais preferidos em São Paulo. São vários estandes com frutas, queijos, peixes, bebidas etc. Não deixe de experimentar o famoso sanduíche de mortadela. Sugiro o do Hocca Bar, que tem uma versão com queijo e tomate seco maravilhosa. Chegue bem cedo se quiser mesa, pois, por volta das 13h, já está tudo lotado e o jeito é comer em pé, no balcão mesmo.

são paulo
Mercado municipal

Outra atração que amo é o Beco do Batman. Trata-se de um local que concentra vários muros grafitados. São painéis lindos, alguns com belas críticas sociais. Mas não vá achando que é um lugar gigante. Dá para apreciar tudo em dez minutos. Não esqueça a câmera fotográfica, pois conseguirá ótimas imagens. Leia mais sobre o local no post do blog Across the Universe.

Beco do Batman

Esse ponto fica bem próximo ao restaurante Cão Véio, do chef Henrique Fogaça, do programa “Masterchef”, da Band. Eles servem menu executivo a preços em conta na hora do almoço. Citei esse restaurante porque o custo-benefício é ótimo, mas não faltam excelentes restaurantes, lanchonetes e bares em São Paulo, como Eataly, Z Deli, Pirajá etc. É caso de pesquisar e escolher aquele que mais se adequa a você.

Ainda no roteiro diurno, tente assistir a uma partida de futebol no Pacaembu ou no Morumbi. Se estiver com tempo sobrando, visite também o bairro Liberdade, conhecido pela concentração de imigrantes japoneses. Não é espetacular, mas quem gosta de comida oriental tem a chance de provar vários pratos a preços bem acessíveis. Sem contar que existe uma feirinha com artigos fofos.

É interessante experimentar um café da manhã farto nas padarias La Bella ou Galeria dos Pães. Chegue, no máximo, até 10h no fim de semana, pois a procura é grande.

A noite de São Paulo é animadíssima. O melhor local para ouvir samba de raiz é o Traço de União. Como chegar? Basta saltar na estação de metrô Faria Lima e caminhar por menos de cinco minutos. Também rola esse ritmo em bares da Vila Madalena. Um dos mais divertidos é o Seu Domingos, que tem feijoada aos sábados. Ele fica na Rua Fidalga, que tem muitos outros estabelecimentos, assim como a Rua Aspicuelta. Estação de metrô Vila Madalena.

São Paulo
Traço de união

Outra boa da night é a Rua Augusta, com sua infinidade de bares, restaurantes, lanchonetes e boates. Para comer antes de iniciar os trabalhos, vá ao Paulista Burger e prove o hambúrguer suíno com cheddar, chutney de cebola roxa e molho barbecue em pão australiano. Demais! Ao lado dele, está o bar de tapas Sancho, bastante procurado.

LEIA TAMBÉM:

O que saber antes de ir a Ubatuba

Ilhabela, SP: como chegar?

Deixe uma resposta