O que fazer em Lyon, cidade da França a duas horas de trem de Paris

postado em: Europa, França, Lyon | 0
dsc01116Já nem lembro por qual motivo resolvi incluir Lyon no roteiro da minha Eurotrip. Qualquer que tenha sido, me garantiu uma grata surpresa. A cidade da França é uma graça, muito aconchegante, tranquila e cheia de vida. Abaixo, listo o que fazer em Lyon.
Você pode chegar de trem, comprando a passagem pela internet. Parti da estação Gare de Lyon, em Paris, para a Part Dieu, em Lyon. São cerca de duas horas de viagem. Me hospedei no Hotel de Bretagne, que é bem normalzinho, mas com um preço razoável e boa localização. Está a poucos metros da Praça Bellecour, a principal de lá, e dos restaurantes.
Como era meu último destino na Europa, já estava exausta e acabei me rendendo àqueles ônibus de turismo abertos. Comprei o bilhete junto com um o ticket para um passeio de barco pelo Rio Saône (que, aliás, é imperdível). O tour pela cidade durou aproximadamente duas horas e me atendeu bem. Fiquei só dois dias e foi o suficiente, mas, se você for permanecer três, talvez seja melhor explorar tudo a pé, conhecendo com calma cada ponto. Mais do que isso, é desnecessário, porque você vai acabar ficando sem ter o que fazer em Lyon.
O passeio começa na Place Bellecour, segue para a Place des Jacobins, a Place de La Comédie (onde se encontra a bela Ópera de Lyon) e, finalmente, a Place des Terraux, onde fica o Museu de Belas Artes de Lyon. Durante o trajeto, é possível ver ainda os muros pintados (foto abaixo), que são uma marca da cidade. Lindos! Mais adiante, vem a ponte Palais de Justice, sobre o Rio Saône.
Na colina Fourvière, encontram-se o Teatro Galo-Romano e a Basílica de Notre Dame. Esta parte, aliás, é um ponto de parada. Quem quiser pode descer do ônibus e ficar lá por uns 30 minutos.
Já o passeio pelo Rio Saône é bem rapidinho, menos de uma hora. Teoricamente, é preciso ir no mesmo dia do tour terrestre. Porém, negociei e consegui fazer no dia seguinte, pegando carona no ônibus. Só é preciso ficar atento ao horário de saída do barco, bem rigoroso. Cheguei um pouco atrasada e quase perdi dinheiro.
Além de tudo isso, caminhei bastante pela cidade. Conheci as pontes Abbé Paul Couturier e a Bonaparte, ambas sobre o Rio Saône.
Também percorri parte do Rio Rhône, onde ficam restaurantes como La Plateforme e Les Berges, com um visual incrível. Aproveite para curtir o sol às margens do rio.
Sobre alimentação: a Rua Mercière, perto da praça Bellecour, e as paralelas a ela concentram vários restaurantes e cafés. Difícil escolher um. Procure provar a pizza de lá. Muito boa! Para quem quer economizar, tem Subway e Mc Donalds. O transporte público é excelente, assim como o comércio. São infinitas lojas, de luxo e de departamento, como a H&M.
Tem mais alguma dúvida sobre o que fazer em Lyon? É só deixar um comentário aqui e eu respondo!
dsc01165
Place Bellecour
dsc01070
Place des Terraux
dsc01065
Ópera de Lyon

dsc01073
dsc01091

dsc01057
Fourvière

dsc01149dsc01139
dsc01117dsc01114

dsc01123
Passarela Abbé Paul

dsc01129
Falei no começo do texto sobre a Eurotrip. Conheci, nesta ordem, Lisboa, Porto, Barcelona, Madri, Ibiza, Paris e Lyon. Foi em maio de 2012. Abaixo, os posts.

LEIA MAIS:

Veja sete ótimos motivos para visitar Lisboa

Os encantos de Madri

Motivos para conhecer Barcelona

Porto, a encantadora cidade de Portugal

Deixe uma resposta