Parque e Palácio de Monserrate em Sintra: história, horário e preços

postado em: Sintra | 0
Palácio de Monserrate, em Sintra
Palácio de Monserrate, em Sintra

O Palácio de Monserrate, em Sintra, não é tão badalado quanto o Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena e a Quinta da Regaleira, mas merece igualmente sua visita. Localizado no Parque Monserrate, que também tem lindos jardins, ele se mostrou uma grata surpresa.

Área externa do Palácio de Monserrate, em Sintra

História:

Capela em ruínas no Parque de Monserrate

Em 1540, foi erguida a capela dedicada à Nossa Senhora de Monserrate na colina onde se localiza o palácio. A propriedade pertencia naquela época ao Hospital de Todos os Santos de Lisboa. Em 1718, D. Caetano de Mello e Castro, comendador e vice-rei da Índia, comprou o local.

Em 1789, o comerciante inglês Gerard de Visme arrendou a Quinta e fez um palácio neogótico. Em 1793, foi a vez de William Beckford, um rico aristocrata, também inglês, arrendar a propriedade. Ele realizou obras no palácio e começou a criar um jardim. Depois, o local foi passando de geração em geração da família inglesa Cook, até que, em 1949, o Estado português comprou. Em 1995, a Unesco classificou a Serra de Sintra, onde fica o Parque de Monserrate, como patrimônio mundial.

Como chegar:

Palácio de Monserrate, em Sintra
Palácio de Monserrate, em Sintra

De carro, saindo de Lisboa, basta seguir pela rodovia IC19. Siga o GPS e chegará tranquilamente. Há estacionamento dentro do Parque Monserrate para pessoas com mobilidade reduzida. Do lado de fora, em frente a ele, existem poucas vagas, aparentemente gratuitas. Chegue cedo para garantir uma. Vi várias pessoas parando por ali. Não percebi placas de proibição de parada, mas é melhor dar uma olhada com atenção para evitar uma multa.

Aliás, recomendo evitar os veículos durante a alta temporada, no verão. Estive lá em agosto e o trânsito estava congestionadíssimo. Também já fui ao país em maio e a circulação foi bem melhor.

Já de comboio a partir de Lisboa (estações Oriente, Rossio ou Entrecampos), opte pela linha Sintra. Custa a 4,50 euros ida e volta. Pesquise os horários no site Comboios de Portugal.

Quando chegar à estação de Sintra, pegue o ônibus (Scotturb) números 435 bem em frente, na mesma calçada, e desça na porta do Parque de Monserrate. O trajeto dura menos de 15 minutos. Compre o bilhete “Villa Express 4 Palácios Hop-on Hop-off”, que custa cinco euros. Ele permite saltar também na Quinta da Regaleira e no Palácio Seteais, na hora que você quiser. O ônibus sai a cada 20 minutos da estação, a partir das 9h30m, na alta temporada. E para de circular às 19h50.

Se estiver querendo conhecer só dois locais em Sintra num dia, rola fazer um bate e volta para Lisboa. Contudo, caso deseje ir a todos os pontos turísticos da cidade com calma, volte na manhã seguinte ou até mesmo durma lá. São vendidos inclusive bilhetes de ônibus para dois dias com esse intuito.

ALUGUE UM CARRO PARA PASSEAR POR PORTUGAL

Horário e preços:

O horário de funcionamento do parque é das 9h30 às 20h, sendo a última entrada permitida até 19h. Já o palácio fica aberto entre 9h30 e 19h, com a última entrada às 18h30.

O preço para adultos (de 18 a 64 anos) é oito euros. Visitantes que têm entre 6 e 17 anos pagam 6,50, mesmo valor para idosos. É possível adquirir também um bilhete família (dois adultos e dois jovens) por 26 (valores em 2019).

Não é preciso comprar com antecedência. Como disse, fui na alta temporada, mas sequer enfrentei fila. Na bilheteria, é possível adquirir o ingresso para outras atrações de Sintra e obter um desconto. Se escolher dois locais, terá 5% de abatimento. No caso de três, são 6% e, de quatro, 7%. Portanto, programe-se com antecedência para aproveitar essa promoção das entradas combinadas.

O que fazer no parque:

Palácio de Monserrate, em Sintra
Mapa do Parque de Monserrate, em Sintra

Na bilheteria, entregam um folheto para o visitante com o mapa da foto acima. É o caminho indicado pela administração do parque. Eu considerei um ótimo roteiro, que pode ser concluído entre 30 minutos e uma hora (sem contar o palácio). Um dos meus pontos preferidos foi o Jardim do México. O roseiral é outro destaque, assim como o lago com vitórias-régias. Deixei o palácio, que se localiza no ponto mais alto, para o final. Vale lembrar que o percurso possui subidas e degraus, mas nada complicado, ok?

PROCURANDO HOTÉIS EM SINTRA?

QUER ENCONTRAR UM HOTEL EM LISBOA?

Palácio de Monserrate, em Sintra
Palácio de Monserrate, em Sintra

Palácio de Monserrate:

Palácio de Monserrate, em Sintra

O Palácio de Monserrate encanta pelos belíssimos detalhes de sua arquitetura. Ele tem dois andares. No segundo, estão várias salas com painéis que narram detalhadamente a trajetória do local. Além de tudo o que contei aqui no post, há diversas outras histórias saborosas. Vale entrar em cada espaço para ler tudinho. Em conclusão: é um passeio agradabilíssimo para todas as idades.

VIAJE CONECTADO COM UM ÓTIMO CHIP DE VIAGEM

Palácio de Monserrate, em Sintra
Palácio de Monserrate, em Sintra
Palácio de Monserrate, em Sintra

Por fim, aconselho aproveitar a viagem a Portugal para conhecer o Algarve, região de lindas praias. Uma das mais bonitas é a de Benagil, que tem uma famosa gruta “instagramável”.

LEIA MAIS:

Por que é importante ter um seguro viagem?

Uma noite no deserto do Saara, no Marrocos

As belezas de Porto, em Portugal

O que fazer em Madri

Deixe uma resposta