Onde se hospedar na Suíça: conheça o Youth Hostel Interlaken

postado em: Europa, Interlaken, Suíça | 6
Youth Hostel Interlaken
Quarto para casal com varanda no Youth Hostel Interlaken

Com uma estrutura excelente, o Youth Hostel Interlaken tem cara de hotel. Para quem torce o nariz quando o assunto é hostel, esta, definitivamente, não é uma opção arriscada. Pelo contrário: vai conquistar até os mais hesitantes. Quem já está acostumado a esse tipo de estabelecimento se surpreenderá muito positivamente.

Para começar, o Youth Hostel tem a localização perfeita. Exatamente ao lado da estação de trem Interlaken Ost – ponto de partida para vários passeios, como o imperdível Jungfraujoch – Top of Europe – e quase em frente ao supermercado Coop, que tem um restaurante com preços mais em conta. É ideal para quem deseja economizar na Suíça, sobretudo os brasileiros, que andam preocupados com as oscilações frequentes do câmbio. Para se ter uma ideia, entre maio e julho de 2018, quando comprei dinheiro para viajar, um franco suíço (1 CHF) chegava a ser negociado a R$ 4,20. Em agosto, aumentou mais. Eu ia muito ao Coop durante a viagem pelo país para comprar água e chocolate (para souvenir, é uma ótima pedida) e tomar café da manhã.

Youth Hostel Interlaken
Fachada do Youth Hostel Interlaken

Geralmente, as pessoas usam o transporte público na Suíça, de muito boa qualidade e pontual. A maioria adquire o Swiss Travel Pass, um passe para uso ilimitado de todas as modalidades durante determinado período. É caro e, por isso, fazendo as contas, cheguei à conclusão de que não valia a pena para mim, devido à duração da viagem e aos locais que escolhi visitar. Portanto, é importante pesquisar porque o bilhete pode ser uma mão na roda, dependendo do caso. Então, aluguei um carro e estacionei no Youth Hostel Interlaken (custa 12 francos a diária).

Voltando: logo no momento do check-in (ele está aberto das 15h à meia-noite, mas, se você for chegar fora desse horário, é só avisar), pude perceber que a equipe é simpática e atenciosa. Cada hóspede recebe seu próprio cartão para abrir a porta. No caso de grupos, é interessante porque um não dependerá do outro. Além disso, deram um cartão de Interlaken que permite usar os ônibus da cidade sem qualquer custo. O ponto, inclusive, se localiza ao lado do hostel, em frente à estação de trem.

E eu odeeeio chegar cansada a um hostel, com uma mala pesada, e me deparar com uma escadaria até o quarto. No Youth Hostel Interlaken, há elevador, uma maravilha. Aliás, ele é todo acessível a cadeirantes. Ainda no térreo, próximo à recepção, estão o restaurante e um espaço para descanso com mesas de sinuca e totó e TV. O hostel disponibiliza também bicicletário (além de alugar bicicletas), sala de bagagem, biblioteca e lavanderia. E o wi-fi é liberado (funciona bem no quarto). Só depois de voltar li que o local trabalha com um serviço de câmbio. Por esse motivo, não sei quais são as taxas. Acabei trocando dólares por francos no banco ao lado, que faz uma cobrança de cinco francos.

Youth Hostel Interlaken
Recepção do Youth Hostel Interlaken
Youth Hostel Interlaken
Restaurante do Youth Hostel Interlaken
Youth Hostel Interlaken
Espaço de lazer do Youth Hostel Interlaken

Sobre os quartos: existem dormitórios femininos, masculinos e mistos, além de cômodos individuais. Uns contam com chuveiro e outros têm o modelo de banheiro compartilhado. VEJA AS OPÇÕES NO BOOKING E RESERVE A SUA PREFERIDA.

Eu fiquei num quarto simplesmente maravilhoso para casal, com banheiro privativo, armários e mesinha. O ambiente era espaçoso e silencioso e tinha um varandão. Estava muito limpo também. Achei a cama confortável.

Youth Hostel Interlaken
Varanda do quarto do Youth Hostel Interlaken
Youth Hostel Interlaken
Vista do quarto do Youth Hostel Interlaken
Youth Hostel Interlaken
Armário do quarto do Youth Hostel Interlaken

Além do preço da diária, é necessário pagar, na chegada, um imposto municipal de 1,80 francos (valor por diária e por pessoa). Uma dica é aproveitar e fazer sua carteirinha do Hostelling International, que dá descontos em outros hostels do mundo todo. Custa 33 francos para adultos (22 se for estudante).

O Youth Hostel Interlaken tem café da manhã incluído na diária. São servidos pães, queijos e outros frios, frutas, iogurtes, creme de chocolate com avelã, sucos e cereais. Eu achei ótimo porque geralmente os hostels nem contam com essa opção de refeição ou então oferecem algo beeem simples. Estava tudo delicioso.

É possível também adquirir o menu de jantar. Eu comi um ótimo frango com manga, abacaxi e legumes, acompanhado de arroz de jasmin e salada de cuscuz marroquino (a alternativa vegana era com tofu). De sobremesa, sorvete. Custa 17,50 francos. Muito vantajoso. E a água é gratuita. Rola escolher só o prato principal, por 12,50, ou apenas o buffet de salada, a 5 francos. O cardápio muda todos os dias e é válido ainda para o horário de almoço.

Já os pratos à la carte são mais caros. O de massa, por exemplo, varia de 14,50 a 19,50. Comparando: num restaurante de nivel razoável a bom da cidade, custa por volta de 20. Aliás, os estabelecimentos se concentram na Jungfraustrasse e nas transversais, a cerca de dez minutos caminhando do hostel.

Por fim, o Youth Hostel Interlaken tem diversos selos de sustentabilidade porque aderiu a práticas como economia da água dos chuveiros, cultivo das próprias hortaliças etc. Bacana demais, não?

Youth Hostel Interlaken
Café da manhã do Youth Hostel Interlaken
Youth Hostel Interlaken
Jantar do Youth Hostel Interlaken

LEIA MAIS:

Jungfraujoch – Top of Europe, atração imperdível da Suíça

Como é o day use do hotel The Cambrian, em Adelboden, na Suíça

Zugspitze, a montanha mais alta da Alemanha

6 Responses

  1. Ruthia

    Tem razão, esse hostel tem cara de hotel. Tudo muito arrumadinho e ter pequeno-almoço é uma boa vantagem num país tão caro

  2. Leo Vidal

    Eu me encaixo no perfil de “não adepto a hostel” mas confesso que achei o espaço do Youth Hostel muito bem aproveitado. O fato de ser acessível é primordial e eles oferecerem o cartão de Interlaken é um total diferencial. Muito boa sugestão.

  3. Marcia Picorallo

    Que boa dica! Os hostel estão definitivamente aumentando a qualidade dos serviços, só espero que os preços não aumentem tanto. Dica anotada, quero muito ir à Suíça.

  4. Aline Aguiar

    Eu amo hostel!! O único problema é que nem sempre eles aceitam crianças. Vc sabe dizer se esse aceita? Achei fantástico, além de super organizado.

Deixe uma resposta